08 fevereiro 2015

Infantis com pé quente em manhã gélida

video

Vouzelenses - Académico Viseu 0:13
Golos Académico Viseu: Rafael (1, 18, 53, 54 min), Miguel Loureiro (14 min), Gonçalo (18 min), Kiki (22 min), Vasquinho (27 min), Raul (31 min),  Melo (35 e 38 min), João Nunes (56 min), Diogo Paiva (58 min).
Académico Viseu: Mário, João Nunes, Gonçalo, Kiki, Melo, Raul, Vasquinho, Diogo Paiva, Rafael, Miguel Loureiro, Luiz
Treinador: João Figueira e Zé Henrique.

Os infantis academistas deslocavam-se a Vouzela para defrontar a equipa local.
Os academistas entraram pressionantes e logo no primeiro minuto viriam a conseguir o golo com Rafael a ser o autor do mesmo.
A vantagem da equipa forasteira viria a ser ampliada à passagem do minuto 14 tendo em Miguel Loureiro o autor do golo que dava uma maior tranquilidade aos academistas.
O jogo tinha um só sentido o da baliza vouzelense e aos 18 minutos é Gonçalo a também ele colocar o seu nome nos marcadores de golos da partida.
Ainda no mesmo minuto Rafael bisa na partida dando um maior colorido à sua boa exibição.
Ainda antes do intervalo mais dois golos viriam a surgir primeiro por Kiki e depois Vasquinho que ampliam a vantagem da sua equipa permitindo um regresso tranquilo aos balneários.
A segunda parte começou tal como a primeira, ou seja, com um golo dos academistas onde desta vez Raul após boa jogada faz o remate triunfal.
Aos 35 e 38 mimutos é a vez de Melo também ele mostrar-se nos golos e em dois momentos consegue bisar na partida.
Após este golo os academistas apesar de muitas ocasiões criadas não conseguem o golo e só aos 53 minutos veriam Rafael a festejar novamente.
Seria o abrir de novo período de muitos golos pois logo no minuto seguinte o melhor jogador em campo Rafael faz novo golo.
Até ao apito final primeiro João Nunes e depois Diogo Paiva conseguem o golo e desta forma ampliar a vantagem dos academistas permitindo a estes uma vitória robusta.

Out: fragilidades vouzelenses. Sempre que pressionados os locais foram acumulando erros que foram sendo aroveitados pelos academistas. A nível ofensivo pouco apareceram não criando trabalho para Mário.
In: veia goleadora academista. Os academistas mais uma vez mostraram a capacidade para marcar e sobretudo para criar muitas ocasiões de golo que assim lhe permitem continuar com a sua veia goleadora na prova.
Melhor em campo: Rafael. Realizou uma exibição de grande nível tanto em termos individuais, onde conseguiu 4 golos, e essencialmente a nível colectivo, onde trabalhando para a equipa conseguiu muitas recuperações de bola e assistẽncias para os seus colegas também eles marcarem. Uma grande exibição que decerto será para recordar e repetir.

NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Quintela Orgens - Dínamo Estação 3:4
Viseu Benfica - Repesenses 0:6
Lusitano Vildemoinhos - Penalva Castelo 8:0
Santo André - Viseu 2001 1:8
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses1614021521042
Académico Viseu1514011352042
Dínamo Estação161213633037
Lusitano Vildemoinhos16824633232
Viseu 200116817535025
Viseu Benfica15438265715
Penalva Castelo164111288913
Quintela Orgens163310246512
Vouzelenses163310208612
Santo André160016101350

Sem comentários: