23 Novembro 2014

Poder local vence iniciados academistas

Drizes - Académico Viseu 5:1

NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Lusitano Vildemoinhos - Viseu 2001 1:0
Sátão - Vouzelenses :
Ranhados - Viriatos 1:3
Santo André - Viseu Benfica 0:4
Penalva Castelo - Oliveira Frades 1:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Lusitano Vildemoinhos990059227
Viseu 2001861131319
Viseu Benfica861129619
Oliveira Frades961219619
Penalva Castelo9333261912
Drizes8314171610
Santo André9315111910
Viriatos9315162410
Vouzelenses830512379
Académico Viseu92077466
Sátão71156284
Ranhados91085323

Lobos mais poderosos que academistas em dia não

Repesenses - Académico Viseu 7:0

Este era um derby que colocava frente a frente os dois lideres desta série e desta forma o jogo prometia fortes emoções.
Desde cedo a equipa do Repesenses se foi mostrando mais forte do que os academistas e viriam a conseguir marcar ainda antes do intervalo por duas situações.
Se a primeira parte ainda se mostrou algum equilíbrio na segunda parte a equipa local conseguiu mostrar-se mais poderosa e marcar em mais 5 situações aproveitando muitos dos momentos em que os academistas se mostraram débeis.
Vitória justa dos locais que mostraram-se mais poderosos do que os academistas que se mostraram em dia não.
Força ai campeões e já sábado estaremos todos a lutar pela reviravolta desde resultado menos positivo.

NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Santo André - Vouzelenses 1:4
Viseu Benfica - Penalva Castelo 0:4
Lusitano Vildemoinhos - Dínamo Estação 0:4
Quintela Orgens - Viseu 2001 :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses880080424
Académico Viseu8701521221
Dínamo Estação8602331218
Lusitano Vildemoinhos8503382415
Viseu 2001730421229
Penalva Castelo830514359
Viseu Benfica821514367
Vouzelenses821511397
Quintela Orgens720510366
Santo André80084570

Infantis sub12 derrotados após jogo menos conseguido

Pinguinzinhos - Académico Viseu 6:0

Os infantis sub 12 após duas vitórias consecutivas deslocavam-se a Santa Comba São para defrontar a equipa local dos Pinguinzinhos.
Num jogo menos conseguido dos academistas a vitória acaba por ser um justo prémio para a equipa local que se mostrou melhor que os forasteiros.


NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!
   

Outros resultados:
Viseu Benfica - Dínamo Estação :
Lusitano Vildemoinhos - Viseu 2001 :
CFT Viseu - Repesenses 5:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
CFT Viseu7700431021
Repesenses650137915
Viseu Benfica530214139
Lusitano Vildemoinhos53029149
Dínamo Estação521212167
Pinguinzinhos620413246
Académico Viseu720516296
Viseu 2001511314174
Penalva Castelo60069350

Benjamins dinamistas vencem derby sobre o apito final

Académico Viseu - Dínamo Estação 1:2

Numa série marcada pelo equilíbrio entre equipas, este derby colocava em confronto duas equipas que em caso de vitória poderiam assumir a liderança da competição.
Foi um jogo jogado taco a taco onde os dinamistas acabaram por ter a vitória final ao conseguir o golo da vitória muito perto do apito final.


NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Penalva Castelo - Viseu 2001 4:6
Viriatos - Footlafões 14:1
Viseu Benfica - Lusitano Vildemoinhos 1:1
Oliveira Frades - Quintela Orgens :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Dínamo Estação862042820
Viseu Benfica853044518
Académico Viseu8512551316
Lusitano Vildemoinhos8512331016
Viseu 20018422302214
Oliveira Frades7412342013
Viriatos830547439
Footlafões 820610736
Quintela Orgens70075520
Penalva Castelo80089640

Golo solitário dita vitória repesense em derby equilibrado

Repesenses - Académico Viseu 1:0

Este derby assumia-se de importância vital para a luta pela manutenção que ambas as equipas encetam.
O jogo foi bastante equilibrado a sorte do jogo viria a cair para a equipa local que com um golo solitário consegue uma vitória preciosa.

NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Oliveirense - Sanjoanense 0:1
Beira Mar - Gondomar 0:1
Avanca - Fiães 1:2
Gafanha - Feirense 0:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Sanjoanense1383219727
Feirense1383225927
Oliveirense1373319824
Gafanha13643151522
Fiães13562151121
Avanca13346172613
Repesenses13346141913
Gondomar1326581512
Beira Mar1323813249
Académico Viseu1306711226

Entrada adormecida dita derrota benjamim


Repesenses - Académico Viseu 6:0

Académico Viseu: Denis, Duarte, J.Pedro, Rodrigo, Diogo, Guilherme, Marco, Gonçalo D, David, Tomás, Gonçalo F. e  Luis.
Treinador: Cristiana.

Os benjamins sub10 B academistas deslocavam-se a Repeses para defrontar a equipa local.
Os academistas entraram bastante adormecidos na partida e a equipa local souber aproveitar algumas das liberdades dadas pelos academistas e viriam a conseguir marcar em 4 ocasiões nos primeiros 25 minutos.
A segunda parte começou com novo golo para a equipa local, mas este teve o condão de despertar os forasteiros que em seguida assumiram o jogo, trocando melhor a bola mas sem conseguir o remate final que resultasse no golo.
Esse golo viria mesmo a surgir mas para a equipa azul que perto do final viria a aproveitar algumas debilidades defensivas academistas a marcar o sexto golo.

NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Viseu Benfica - Cracks Lamego 1:4
Vila Nova Paiva - Sátão 3:2
Tarouca - Crasto :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Crasto531122810
Tarouca5311231010
Repesenses 531116710
Cracks Lamego43012659
Vila Nova Paiva430115109
Sátão521218127
Viseu Benfica50055220
Académico Viseu50054550

Benjamins sub10 vencem derby citadino


Académico Viseu - Dínamo Estação 2:0
Golos Académico Viseu: Miguel (11 min), Bernardo Sequeira (27 min)
Académico Viseu: Bernardo Coelho, Miguel Cardoso, Guilherme Neves, Bernardo Sequeira, Tiago Santos, Tomás Fonseca, António Cunha, João Miguel, Gabriel Gonçalves, David Ribeiro, Francisco Correia e Diego Mota.
Treinador: Coelho.
Dínamo Estação: Dudu, Gonçalo Duarte, João Dinis, Zé Pepe, Zé Miguel, Miguel, Santola, Kiko, Rodrigo Lage, Bruninho, Gui e Inês,
Treinador: Negrete e Edu Brasil.
Árbitros: David Martins e João Ferreira.

Este era um derby citadino em que ambas as equipas procuravam a vitória.
O inicio da partida começou sem nenhuma das equipas conseguir o domínio total da mesma e com isso o jogo foi bastante equilibrado e só aos 6 minutos haveria um lance de perigo com Tiago a rematar à base do poste da baliza dinamista.
Aos 11 minutos Guilherme Neves remata para defesa incompleta de Dudu e na sobra Miguel é mais lesto que a defesa contrária e aparece a rematar para o golo inaugural.
O Dínamo da Estação reage bem ao golo sofrido e passa a dominar a partida e aos 19 minutos Bruninho remata de muito longe para defesa atenta de Bernardo.
Seis minutos depois é Tiago a marcar o livre para defesa atenta de Dudu.
Chegava-se ao intervalo com uma vantagem parcial dos academistas.

A segunda parte começa com João Dinis logo aos 26 minutos a rematar forte para grande defesa de Bernardo a evitar o golo do empate.
A resposta academista é pronta e resulta no segundo golo dos academistas quando Bernardo Sequeira recebe a bola e de muito longe remata levando a bola a sobrevoar Dudu e a anichar-se nas redes dinamistas.
A partida fica mais equilibrada e aos 39 minutos Gui remata forte para defesa de Bernardo. Cinco minutos depois Bernardo responde com grande defesa a remate de Rodrigo Lage.
Os academistas viriam a responder por Miguel e Tiago mas o resultado não sofreria mais alterações.
Com isso os escolas academistas assumem a perseguição isolada ao líder Repesenses.

Out: escassez de oportunidades na segunda parte. A segunda parte foi menos conseguida do que os primeiros 25 minutos. Com isso o número de ocasiões foi menos numerosa mas mesmo assim o resultado esteve sempre em aberto.
In: jogo de ambas as equipas. São duas equipas que procuram trocar da melhor forma a bola e isso vai cativando os adeptos e também possibilita o criar de diversas ocasiões para marcar onde ambas as equipas neste jogos mereciam colorir o seu marcador. Apesar do horário madrugador os jovens campeões mostraram em vários momentos o seu bom futebol.

Outros resultados:
Viseu Benfica - Lusitano Vildemoinhos 5:0
Oliveira Frades - Vouzelenses :
Viseu 2001 - Repesenses 0:5
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses550036615
Académico Viseu540115412
Dínamo Estação531113910
Viseu Benfica530219119
Vouzelenses310212233
Oliveira Frades41038253
Viseu 200140133171
Lusitano Vildemoinhos500510230

Regresso às vitórias arrancada a ferros


Académico Viseu - Molelos 2:1
Golo Académico Viseu: Tiago Mendes (22 min), Diogo Lourenço (67 min)
Golo Molelos: Pedro Silva (59 min)
Académico Viseu: Diogo Correia, Tadeu, Nuno, Pedro Amaral, Rafael Figueiredo, Lucas, Miguel Ângelo, Diogo Lourenço, Miguel Silva (Gui Monteiro, 67 min), Tiago Mendes e Monteiro (Totti, 58 min)
Suplentes não utilizados: Tiago Palhares, Olavo, Luis, Patrick e Guga.
Treinador: Vitor Santos.
Molelos: Bruno, Dany, Tiago Milhães, Cabaças, Luis Duarte(Adão, 29 min), Fábio Gonçalves (Rodrigo Sousa, 29 min), César Silva (Mário Nunes, 52 min), Francisco, Pedro Silva, Nuno Azevedo e Messi.
Suplentes não utilizados: Marcelo, Zé Roda, Cláudio, Adão e John Ivo.
Treinador: João Cid.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Diogo Lourenço (46 min)
Molelos: Nuno Azevedo (55 min)

Os juvenis B academistas têm mais um jogo no Campeonato Distrital do seu escalão, sendo o Molelos a equipa oponente.
Inicio de partida com os academistas a terem mais posse de bola mas sem conseguirem situações de real perigo para a baliza de Bruno.
O primeiro lance de perigo surge à passagem do minuto 18 quando Miguel Silva remata para defesa de Bruno, Três minutos depois Francisco aparece em boa posição a rematar para defesa atenta de Diogo.
Aos 23 minutos surge o golo academista quando Rafael Figueiredo sobe bem na sua ala centrando para Tiago Mendes fazer o remate que coloca a equipa academista na frente do marcador.
Dois minutos depois Messi consegue ganhar o lance a Pedro Amaral e remata para defesa de Diogo Correia.
Os academistas estão por cima da partida mas o Molelos procura reagir ao golo sofrido.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos academistas que premeia a sua melhor exibição ao longo dos primeiros 40 minutos da partida.

O primeiro lance de algum perigo da segunda parte acontece aos 45 minutos com Monteiro a rematar perto da baliza molelense. Na resposta Nuno Azevedo na marcação de um livre remata perto da barra da baliza academista.
Os locais parecem adormecidos na partida e aos 49 minutos Messi ganha o lance em zona avançada e remata com muito perigo para a baliza de Diogo Correia.
O Molelos está melhor bem mais perto da baliza academista. Contudo aos 53 minutos os academistas disfrutam de uma boa ocasião para ampliar a sua vantagem quando Tiago Mendes surge isolado a rematar perto da baliza
Aos 56 minutos Pedro Amaral em boa posição remata valendo o corte providencial da defensiva forasteira.
O empate viria a acontecer quando numa boa jogada de Messi este centra para Pedro Silva a aparecer sem marcação a encostar para o golo.
Os academistas parecem despertar com o golo e viriam novamente a colocar-se na frente do marcador quando Diogo Lourenço aparece a ser mais rápido que Bruno antecipando a este e responde da melhor forma colocando novamente os academista na frente do marcador.
Aos 69 minutos Totti desmarca Gui Monteiro que remata para defesa de Bruno.
Numa transição rápida do Molelos Pedro Silva aparece a rematar valendo o corte providencial da defensiva academista.
Com o Molelos a acreditar na possibilidade do empate os academistas tinham mais espaço para os seus rápidos contra-ataques mas o marcador não viria a sofrer mais nenhuma modificação e desta forma os academistas regressam às vitória e ultrapassam o seu adversário deste jogo,

Out: adormecimento academista. Em vantagem do marcador os academistas entraram um pouco adormecidos na segunda parte e com isso foram dado alento à equipa molelense para a obtenção de outro resultado. Com essa atitude o Molelos viria a empatar na partida sendo um castigo para o adormecimento dos academistas.
In: reação academista à adversidade. Após terem adormecido na partida os jovens academistas parece que despertaram com o golo sofrido e partiram à procura do golo que os colocasse na frente do marcador que viria a ser alcançado após boa jogada colectiva. Os academistas mostraram saber reagir à adversidade mas que talvez podesse ter sido evitada.

Outros resultados:
Penalva Castelo - Viseu Benfica 2:2
Pinguinzinho - Viseu 2001 0:1
Mortágua - Mangualde 2:0
Canas Senhorim - Vouzelenses :
Lusitano Vildemoinhos - Estrela Mondego :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Viseu 2001981031725
Pinguinzinhos962122520
Lusitano Vildemoinhos962226619
Vouzelenses8503131315
Viseu Benfica9414161713
Penalva Castelo9333131712
Académico Viseu925291211
Mangualde92349149
Molelos930616209
Estrela Mondego922510298
Mortágua921613227
Canas Senhorim80172181

22 Novembro 2014

Empate em jogo de muita alma academista

video

Académico Viseu - Boavista 1:1
Golo Académico Viseu: Ângelo (38 min)
Golo Boavista: Henrique (79 min)
Académico Viseu: Elísio, Tiago, Pedro, Jorge, Tigas, Bié, Caramelo (Simão, 79 min), David, Ângelo, Gonçalo (João Caiado, 80 min) e JP Rafa, 69 min).
Suplentes não utilizados: Diogo Correia, Tomé, Cláudio, Diogo Ribeiro.
Treinador: Roger.
Boavista: Fábio, Paulo (André Soares, 77 min), Rúben, Tiago, Portela, Tomás (Guilherme, 66 min) , Henrique, Gabriel, Kevin, Ricardo (Pedro, 59 min) e Rúben Gonçalo.
Suplentes não utilizados: David, Rio, Igor, Roberto.
Treinador: Tavares.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Bié (30 min), Tigas (50 min)
Boavista: Kevin (55 min), Guilherme (74 min)
Árbitro: Luís Máximo, Auxiliares: Ângelo Correia, João Diogo (A.F. Castelo Branco)

Os juvenis academistas têm um jogo bastante importante na luta pela manutenção sendo o Boavista o seu oponente.
Inicio de partida com ambas as equipas a procurarem ganhar o domínio da partida, parecendo que o Boavista consegue ter esse desidrato.
Contudo a melhor ocasião de golo caberia aos academistas quando aos 8 minutos Rúben tem um mau corte e Caramelo quase que consegue o toque para o golo, Na resposta Rúben Gonçalo aparece em boa posição mas tem um remate fraco.
Aos 15 minutos Rúben Gonçalo após boa jogada de entendimento da equipa forasteira remata perto da baliza academista.

Os boavisteiros estão melhor na partida e estão a empurrar os academistas para terrenos muito atrasados.
Aos 20 minutos boa jogada da equipa do Boavista com Henrique a aparecer a rematar muito perto da baliza de Elísio. Os academistas equilibram a partida e aos 32 minutos Gonçalo Sousa tem boa jogada individual conseguindo entrar bem na área boavisteira rematando para defesa de Fábio. No canto Pedro Santos em boa posição aparece a rematar sem a melhor direcção.
Aos 38 minutos Gonçalo Sousa marca o livre para David ao segundo poste cabecear para a bola chegar a Ângelo que se antecipa à defesa boavisteira e abre o marcador.
Chega-se ao intervalo com uma vantagem parcial dos academistas que souberam suster a pressão boavisteira e depois marcar num lance de bola parada, no seu melhor momento.

Aos 51 minutos Gabriel fica perto do golo valendo o corte providencial de Bié.
Quatro minutos depois Ricardo em boa posição remata para grande defesa de Elísio. Aos 60 minutos é Portela a colocar à prova o guarda-redes academista que nega o golo aos boavisteiros.
O Boavista procura de todas as formas o golo do empate mas a equipa academista está a conseguir controlar essas investidas.
Grande atitude dos academistas que apesar de bastante pressionados estão a conseguir aguentar esta importante vantagem.
Aos 77 minutos centro de Gabriel para Rúben nas alturas conseguir o cabeceamento.
Dois minutos depois o empate viria mesmo a acontecer quando num remate colocado de Henrique a bola ultrapassa a defensiva academista e anicha-se nas redes academistas.
O jogo chega ao seu término com um empate no marcador fruto de uma boa atitude academista que soube controlar as investidas boavisteiras e que viram os seus intentos ruirem num remate de longe do jogador boavisteiro.
Arbitragem sem reparos onde procurou sempre deixar jogar no limite e sem grandes interrupções.
Out: eficácia boavisteira. Os jovens boavisteiros apesar de terem criado bastantes lances de perigo não mostraram a frieza necessária na altura do ultimo remate e viram a defesa academista vencer muitos dos duelos travados. A eficácia não foi a melhor e assim os boavisteiros perdem pontos nesta deslocação a Viseu.
In: alma academista. Os academistas souberam aproveitar uma das ocasiões para marcar e alcançar uma vantagem que por poucos minutos não a conseguiu preservar. Com um espirito de equipa e muita entrega os jovens academistas foram sempre conseguindo levar a melhor às sempre complicadas investidas boavisteiras. Na união da equipa saiu um resultado com pontos e que por certo moraliza a equipa para os restantes jogos.


Outros resultados:
F.C. Porto - Padroense 1:1
Feirense - P. Ferreira 2:0
Oliveirense - Penafiel 1:1
Régua - Leixões 1:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
F.C.Porto12102030632
Feirense12651231222
Padroense12642201122
Boavista12624291420
Leixões12615201519
Oliveirense12444212116
Penafiel12246172610
Académico Viseu122377239
P. Ferreira122288188
Régua122197367

Goleada academista fruto de uma boa entrada em jogo

video

Académico Viseu - Mangualde 6:1
Golos Académico Viseu: Rafael Silva (2, 18 min), Rodrigo (6 min), Pedro Pereira (21 min), Rafael Barreiros (43 min), João Soares (58 min)
Golo Mangualde: Rafael Alegre (34 min)
Académico Viseu: Fábio Farias, Eduardo, Carlos, Pedro, Rafael Marques, Rafael Barreiros, Rodrigo, Benjamim (Fábio Mendes, 80 min), João Soares, Lopes (Vasco, 67 min) e Rafael Silva (Bruno, 80 min).
Suplentes não utilizados: Rui Pedro, Micoli.
Treinador: Rui Lage e Tiago.
Mangualde: Diogo, José Rafael, Miguel Ventura, Jorge Ferreira (Gonçalo Bernardo, intervalo), João Santos, Rafael Alegre, Cláudio Nunes, Daniel Fonseca, Renato Cunha (Augusto, intervalo), João Sanches e Alexandre (Pedro Mota, 59 min).
Suplentes não utilizados: Miguel, Daniel Balola, Cláudio Mendes, Nuno Fernandes.
Treinador: Mário Pereira.
Cartão amarelo:
Mangualde: Jorge Ferreira (19 min), Pedro Mota (78 min)
Árbitro: Bruno Nascimento, Auxiliares: Diogo Ferreira e Fábio Loureiro.
video

Primeiro minuto grande oportunidade para os academista quando João Soares aparece isolado mas falha a direcção dada ao seu remate..
No minuto seguinte Benjamim centra de forma precisa para Rafael Silva aparecer a cabecear batendo Diogo abrindo assim o marcador.
Aos 6 minutos centro de João Soares para Rodrigo aparecer em boa posição a rematar e fazer o golo que amplia a vantagem da equipa forasteira.
No minuto seguinte Lopes em boa posição remata mas Diogo responde com boa defesa.
Aos 10 minutos centro de Renato Cunha para Alexandre aparecer a cabecear muito perto da baliza academista.
video

No minuto seguinte na marcação de um livre Rafael Silva vê o seu remate embater no poste da baliza mangualdense.
Aos 18 minutos novo golo viria a surgir na marcação de uma grande penalidade a castigar falta de Jorge Ferreira. Chamado a marcar Rafael Silva faz o remate que resulta no terceiro golo da equipa academista.
O domínio academista mantêm-se e aos 21 minutos novo golo viria a surgir quando no seguimento de um canto marcado por Rafael Silva, Pedro Pereira se antecipa a toda a defesa mangualdense e faz o cabeceamento que resulta em novo golo da equipa local.
Aos 28 minutos remate de João Sanchez a procurar surpreender Fábio mas sem conseguir tal desidrato.
Os academistas adormecem na partida e isso revela-se fatal aos 34 minutos quando Rafael Alegre aparece a antecipar-se a Fábio Farias fazendo o primeiro golo da equipa mangualdense.
Aos 43 minutos canto de Rafael Silva para Rafael Barreiros aparecer a cabecear fazendo novo golo para os academistas. No minuto seguinte Daniel Fonseca remata para defesa de Fábio Farias.
Vitória justa dos academistas que entraram da melhor forma na partida conseguindo uma vantagem segura mas onde viriam a sofrer um golo fruto de algum relaxamento da equipa.
video

Aos 48 minutos cruzamento de João Soares para Rafael Silva aparece a cabecear sozinho mas sem a melhor direcção. No minuto seguinte Lopes antecipa-se à defensiva mangualdense mas sem conseguir o melhor remate.
Aos 51 minutos centro de João Soares para Rafael Silva aparecer a rematar valendo o corte providencial da defensiva mangualdense.
Domínio dos academistas que não deixam a equipa forasteira "assumir" o jogo. Isso iria a reflectir-se aos 58 minutos quando Rafael Silva não se mostra egoísta e desmarca bem João Soares que aparece a fazer novo golo.

Partida jogada a um ritmo bastante mais lento mas mesmo assim os academistas ficam perto do golo quando numa jogada de entendimento entre João Soares, Benjamim e Rafael Silva com este último a não conseguir o golo.
Aos 70 minutos Pedro Pereira quase que surpreende Diogo num remate de muito longe. No minuto seguinte João Soares em boa posição remata forte mas sem a melhor direcção.
Três minutos depois muita cerimónia na altura de rematar leva os academistas a desperdiçarem o golo.
Aos 75 minutos Pedro Pereira num corte quase que leva a bola a anichar-se nas suas redes. Na resposta é Vasco que isolado remata para defesa de Diogo.
Chega-se ao final da partida com uma vitória dos academistas que peca por escasso face ao muito desperdício dos jovens academistas.
Out: eficácia academista. Mesmo marcando por 6 ocasiões os academistas devem a si próprios um resultado ainda mais alargado pois disfrutaram de duas mãos cheias de ocasiões flagrantes para marcar. Contudo os academistas não tiveram o discernimento necessário para o remate que resultasse no golo.
In: entrada academista na partida. Os academistas entraram bem na partida e viriam a ter os seus melhores na partida. Com isso os jogadores academistas viriam a conseguir marcar por 4 ocasiões alcançando uma vantagem preciosa.

Outros resultados:
Ranhados - Cabanas Viriato 5:3
Penalva Castelo - Viseu Benfica 0:1
Molelos - Viseu 2001 1:0
Lusitano Vildemoinhos - Mortágua 1:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Mortágua861120619
Académico Viseu9612351519
Molelos7520291018
Lusitano Vildemoinhos8503221015
Viseu Benfica8413151113
Penalva Castelo8404201212
Ranhados8332111012
Canas Senhorim7313111610
Mangualde820613206
Viseu 200170166221
Cabanas Viriato80085550

16 Novembro 2014

Benjamins superiores em derby citadino

Lusitano Vildemoinhos - Académico Viseu 1:3

Os benjamins academistas tinham um derby citadino onde defrontavam o Lusitano de Vildemoinhos, lider da prova.
Foi um jogo em que ambas as equipas procuraram o golo e onde os academistas conseguiram ser superiores e assim alcançar uma vitória que lhes permite ultrapassar o rival deste jogo na tabela classificativa aproximando-se ainda mais dos lugares mais cimeiros. 


NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Dínamo Estação - Penalva Castelo 11:0
Footlafões - Viseu Benfica 0:10
Oliveira Frades - Viriatos :
Quintela Orgens - Viseu 2001 :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Viseu Benfica752043417
Dínamo Estação752040717
Académico Viseu7511541116
Lusitano Vildemoinhos750232915
Oliveira Frades6312231410
Viseu 2001622222168
Viriatos610528316
Footlafões 72059596
Penalva Castelo70075580
Quintela Orgens60063490

Segunda parte infantil dá vitória academita em derby

Académico Viseu - Lusitano Vildemoinhos 3:0
Golos Académico Viseu: Miguel Miragaia, Bernardo e Carlos.
Académico Viseu: Rafael, Jessica, Edgar, Filipe, Bernardo, Carlos, Xico, Santos, Miguel Miragaia, Tiago e Diogo.

Os inafntis sub12 academistas entravam neste derby a procurar a vitória para dar seguimento à vitória alcançada no ultimo fim de semana.
Desta forma os academistas tiveram uma entrada dominadora mas falharam no capitulo da finalização.

A partir do minuto 18 a equipa do Lusitano começa a crescer no jogo, criando situações perigosas.
Primeiro de livre bola na barra, depois duas grandes defesas do Rafa a negar o golo.
O Lusitano teve também uma grande perdida, de baliza aberta a 2 metros da baliza, remate estrondoso por cima da barra.
Na segunda parte, cinco minutos iniciais com alguma desorganização do Académico, sem nunca pôr em perigo a baliza.
Após isso, o Académico volta a assumir o jogo e a demonstrar querer a vitória. O primeiro golo surge por Miguel Miragaia após passe de Carlos.
O segundo golo surge dum lançamento lateral em que Bernardo recebe, roda e finaliza.
O terceiro golo acontece após livre indireto dentro da área com Bernardo a tocar para a finalização de Carlos que assim coloca também o seu nome nos marcadores da partida.
Vitória academista que se ajusta e que materiza o crescimento que a equipa tem realizado.
 
Outros resultados:
Penalva Castelo - Pinguinzinhos 3:5
Viseu 2001 - Viseu Benfica 4:5
Dínamo Estação - CFT Viseu 2:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
CFT Viseu660038818
Repesenses550035415
Viseu Benfica530214139
Lusitano Vildemoinhos53029149
Dínamo Estação521212167
Académico Viseu620416236
Viseu 2001511314174
Pinguinzinhos51047243
Penalva Castelo60069350

Bola parada sobre o apito final penaliza juvenis academistas

Mangualde - Académico Viseu 2:2
Golos Académico Viseu: Diogo Lourenço (73 e 79 min)
Académico Viseu: Tiago Palhares, Olavo (Tadeu, 58 min), Pedro Amaral, Leo, Rafael Figueiredo, Patrick, Miguel Ângelo, Diogo Lourenço, Miguel Silva (Lucas, 68 min), Tiago Mendes e Monteiro (Gui Monteiro, 58 min).
Suplentes não utilizados: Nuno e Luis.
Treinador: Vitor Santos e João Figueira.

Os juvenis B do Académico voltam a perder pontos no desconto e de novo na sequência de uma bola parada.
A primeira parte foi jogada a um ritmo lento mas com as duas equipas a quererem proporcionar um bom jogo com boas organizações quer no aspeto defensivo, quer ofensivo. Um jogo entretido e em que o Académico sofre um golo de livre direto que era injusto para o que se passava no campo. Os viseenses tinham mais posse de bola e chegavam com mais perigo à baliza adversária.
O Mangualde neste período também rematou à baliza de Palhares mas nunca criando grande perigo. No segundo tempo tudo foi diferente e o Académico dominou o jogo todo e criou boas oportunidades de golo, mas em que a bola teimava em não entrar.
Já nos últimos 10 minutos e fruto do maior caudal ofensivo e querer academista chegaram aos golos com Diogo Lourenço a bisar e em ambos a ser mais rápido que os adversários e a não dar hipóteses ao guarda redes da casa.
Mesmo ganhando os jovens academistas não recuaram e num livre, inexistente, no meio campo a equipa da casa empatava no último minuto de jogo numa bola bombeada para a área viseense e em que o avançado da casa saltou mais alto e cabeceou para a baliza de Palhares.
Um resultado que acaba por ser injusto pelo que se passou durante os 80 minutos de jogo e que penaliza a equipa academista.
Em resumo um jogo bem disputado, correto e em que Miguel Silva e Diogo Lourenço foram os atletas academistas que mais deram nas vistas.
Arbitragem sem problemas, que peca pela marcação de uma falta, inexistente, de Tiago Mendes que deu origem ao segundo golo dos mangualdenses. As equipas estão de parabéns pela forma como disputaram o jogo.

Outros resultados:
Lusitano Vildemoinhos - Penalva Castelo 0:1
Estrela Mondego - Pinguinzinhos 1:4
Molelos - Viseu Benfica 4:1
Viseu 2001 - Canas Senhorim 3:1
Vouzelenses - Mortágua 2:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Viseu 2001871030722
Pinguinzinhos862022420
Lusitano Vildemoinhos852219516
Vouzelenses8503131315
Viseu Benfica8404141512
Penalva Castelo8323111511
Mangualde82339129
Molelos830515189
Académico Viseu81527118
Estrela Mondego82249228
Mortágua811611224
Canas Senhorim80172181

Suspiro final dá empate

video

Académico Viseu - Avanca 3:3
Golo Académico Viseu: Tiago Salgado (28 e 70+3 min), Nené (70+2 min)
Golo Avanca: Patrick (23 min), Queirós (43 min), Semedo (54 min)
Académico Viseu: Tomé, Diogo Pereira, Filipe, Lourenço, Marco, Vasco (Diogo Matos, 56 min), Diogo, Nené, Rúben, Bacalhau (João, 45 min) e Tiago Salgado.
Suplentes não utilizados: Pedro Santos, Leandro, Costa, Pedro Vilanova, Edu.
Treinador: Santos.
Avanca: Gonçalo, André, Costa, JP, Nené, João Pinto, Queirós, Farias (Pacheco, 70 min), António (Semedo, intervalo), Patrick (Amaral, 58 min)  e Proença.
Suplentes não utilizados: Leandro, Rui.
Treinador: Nuno Tavares.
Cartão amarelo: 
Avanca: António (26 min), André (59 min)
Árbitro: André Santos, Auxiliares: Fernando Nunes e Fábio Nunes. (A.F. Vila Real)
video

Este é um jogo que assume-se bastante importante para as intenções academistas na luta pela manutenção, onde uma vitória se assume vital para tal ambição.
Aos 3 minutos grande ocasião para a equipa forasteira quando Nené aparece isolado perante Tomé que faz uma enorme defesa a evitar o golo contrário. Lance que contudo devia ter sido anulado por fora de jogo do avançado forasteiro.
Cabe aos academistas a maior percentagem de posse de bola conseguindo empurrar a equipa do Avanca para terrenos próximos da baliza defendida por Gonçalo. Contudo o Avanca parece estar a controlar da melhor forma a "guerra" do meio campo.
Aos 18 minutos Rúben remata forte mas sem a melhor direcção. Cinco minutos Patrick ganha o lance em zona proibitiva e ao entrar na área é derrubado pelo defesa academista.
Chamado a marcar Patrick marca da melhor forma e consegue o golo que coloca a equipa forasteira na frente do marcador.

Aos 28 minutos, cruzamento de Marco para a pequena área forasteira, onde aparece Tiago Salgado a encostar para o golo do empate. Quatro minutos depois livre de Nené a passar perto da barra da baliza forasteira.
Aos 34 minutos Patrick centra atrasado para António aparecer a rematar vendo Tomé a esticar-se e fazer grande defesa a evitar o golo da equipa do Avanca.
Chega-se ao intervalo com um empate no marcador.

A segunda parte começa com ambas as equipas a procurarem o golo que lhes dê a vantagem na luta pela vitória final.
Desta vez cabe à equipa do Avanca a maior percentagem de posse de bola e corolário disso surge o golo de Queirós que aproveita as liberdades dadas no sector defensivo academista e remata para o golo que coloca novamente a equipa forasteira na frente do marcador.
Aos 49 minutos Patrick desmarca Nené para este rematar perto da baliza academista.
No minuto seguinte Farias aproveita as muitas facilidades dadas pelos academistas para libertar Nené que não consegue o melhor remate.
Aos 53 minutos Nené marca o canto para Filipe cabecear um pouco ao lado da baliza forasteira.
Nova falha no sector defensivo com Patrick a superiorizar-se ao defesa academista e com boa leitura de jogo desmarca Semedo que ao segundo poste faz o golo. Missão muito complicada para os academistas.

O Avanca controla por completo a partida e os academistas parecem mostrar os braços caidos mas viriam a conseguir o 2º golo quando num livre Nené bate bem o mesmo conseguindo fazer a bola ultrapassar a barreira e anichar-se nas redes forasteiras.
No minuto seguinte novo golo viria a surgir para os academistas quando Nené centra para o interior da área onde Filipe cabeceia e Tiago Salgado confirma o golo.
Que jogo de loucos este onde com uma vantagem que parecia ser sólida a equipa do Avanca vê a vitória fugir-lhes no espaço de 52 segundos.
Arbitragem com missão complicada e bastante contestada pelos adeptos forasteiros, ficando a dúvida em dois lances um de uma pretensa grande penalidade e outro no lance final do golo que dita o empate dos academistas na partida mas onde a melhor posição lhes dá o benefício de dúvida no juízo dos mesmos.
Out: gestão de vantagem forasteira. O Avanca sai de Viseu com um amargo de boca pois a três minutos do final da partida se encontrava numa posição vantajosa onde detinha uma vantagem de dois golos. Contudo os jovens forasteiros não conseguiram gerir da melhor forma a mesma a num minuto deitaram fora uma vantagem preciosa.
In: acreditar academista. Apesar de uma situação delicada na posição classificativa e mesmo neste jogo, quando à entrada dos descontos se viam com uma desvantagem de dois golos, os academistas acreditaram que ainda conseguiriam alcançar o empate e foi mesmo isso que aconteceu. Em apenas 52 segundos obtiveram dois golos fruto de um querer e crença que poderá ser o clique na competição.

Outros resultados:
Gondomar - Oliveirense 0:3
Feirense - Repesenses 2:2
Sanjoanense - Gafanha 0:1
Fiães - Beira Mar 0:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Feirense1273221924
Sanjoanense1273218724
Oliveirense1273219722
Gafanha12642151122
Fiães12462131018
Avanca12345162413
Repesenses12246131910
Gondomar121657159
Beira Mar1223713239
Académico Viseu1206611216