15 dezembro 2014

Xmas Cup 2014


Este fim de semana o Natal e o futebol invadiram as instalações da Fábrica.
Foi ai que foi realizado o Xmas Cup que envolveram as escolas de formação pré-competição da Académica de Coimbra e do nosso clube.

De referir a presença de alguns dos nossos jogadores seniores que assim alegraram ainda mais estes jovens campeões que puderam trocar alguns toques de bola com os seus ídolos.

Para ver todas as fotos basta seguir o seguinte link:
Xmas CUP

No final da competição houve o merecido almoço em pleno estádio do Fontelo.


14 dezembro 2014

Poderio sanjoanino derrota academistas


Sanjoanense - Académico Viseu 6:0

NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!


Outros resultados:
Feirense - Avanca 2:0
Gafanha - Beira Mar 2:0
Gondomar - Fiães 0:1
Oliveirense - Repesenses 4:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Feirense16113234936
Sanjoanense161042291034
Oliveirense16934251030
Fiães16862191130
Gafanha16844201828
Gondomar16466131618
Avanca16358183114
Repesenses16349152613
Beira Mar16231115359
Académico Viseu16061011336

Benjamins academistas começam 2ª volta com vitória

Penalva Castelo - Académico Viseu 0:5

Os benjamins academistas deslocavam-se a Penalva Castelo para defrontar a equipa local no jogo que marcava o inicio da segunda volta da prova.
Os academistas desde cedo mostraram a sua superioridade e viriam a materializarem-na com a obtenção de cinco golos e assim continuar nos lugares mais cimeiros da prova.

NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Quintela Orgens - Footlafões 4:3
Dínamo Estação - Viriatos 5:2
Viseu 2001 - Viseu Benfica 1:5
Lusitano Vildemoinhos - Oliveira Frades 2:4
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Viseu Benfica 1073052724
Dínamo Estação10721481323
Oliveira Frades10712532222
Académico Viseu10622601320
Lusitano Vildemoinhos10613441519
Viseu 200110433312715
Viriatos1030750569
Footlafões 1020813836
Penalva Castelo1010914733
Quintela Orgens1010913693

Reviravolta juvenil perto do apito final

video

Académico Viseu
- Penalva Castelo 2:1
Golo Académico Viseu: Leonardo (62 min), Tiago Mendes (80 min)
Golo Penalva Castelo: Fábio Amaral (39 min)
Académico Viseu: Tiago, Olavo (Tadeu, 58 min), Nuno, Leonardo, Rafael, Patrick, Guilherme Monteiro (Tiago Mendes, intervalo), Totti, Bernardo Monteiro (Pedro Amaral, 64 min), Miguel Ângelo e Diogo Lourenço.
Suplentes não utilizados: Luís Lopes, Jorge Cardoso e Guga.
Treinador: Vitor Santos.
Penalva Castelo: Leandro, João Silva, Batista, Vasco, Machado, Alexandre, Fábio (Rui, intervalo), Rafa, Fábio Amaral, Zé (Luís, 64 min) e Marcelo.
Suplentes não utilizados: Dani, Rui, Bruno, Tiago e Ricardo.
Treinador: Carlos Lopes.
Cartão amarelo:
Penalva Castelo: Rafa (73 min)
Árbitro: Casimiro Cunha, Auxiliares: João Santos e Luís Filipe.

Os juvenis B academistas defrontam a equipa do Penalva do Castelo em jogo em atraso da jornada que marca o encerramento da primeira volta da prova.
Inicio com mais posse de bola dos academistas que aos 5 minutos têm o primeiro remate com algum perigo quando Totti desmarca Miguel Ângelo e este remata para defesa de Leandro.
Na resposta Zé tem um centro remate que quase surpreende Tiago Palhares.
Aos 9 minutos Miguel Ângelo fica muito perto do golo quando vê o seu remate embater com estrondo na base do poste da baliza academista.
Boa jogada de Totti a entender-se bem com Miguel Ângelo onde só falha o remate. Na resposta jogada rápida de ataque com Fábio Amaral a antecipar-se aos defesas academistas rematando perto da baliza academista.

Aos 24 minutos remate de muito longe de Bernardo Monteiro que passa perto da baliza penalvense. Na resposta Marcelo aproveita algumas liberdades mas Tiago Palhares antecipa-se evitando o golo da equipa forasteira.
Novo lance de perigo com Fábio Amaral a centrar bem e Marcelo a obrigar a defesa a esforços redobrados.
Aos 33 minutos Bernardo Monteiro centra mas Diogo Lourenço aparece um pouco atrasado ao mesmo. Dois minutos canto de Fábio para Vasco aparecer a cabecear ao segundo poste um pouco ao lado da baliza academista.
Aos 39 minutos o marcador viria a ser inaugurado num remate colocado de Fábio Amaral que leva a melhor e coloca os penalvense na frente do marcador.
Resultado ingrato para os academistas que viram o Penalva do Castelo marcar um golo mesmo no final do pano.

A equipa do Penalva entra melhor na segunda parte com mais posse de bola.
Contudo a melhor ocasião para marcar é dos academistas quando aos 48 minutos Bernardo Monteiro solicita Totti que remata perto da baliza de Leandro.
Os academistas parecem que estão melhor na partida. Aos 55 minutos Fábio Amaral solicita Rui que remata forte que passa perto da baliza academista.
Aos 62 minutos o empate viria conseguir o golo do empate na marcação de um livre marcado por Leonardo onde nenhum dos seus colegas consegue o toque e isso  vence a oposição da defensiva penalvense.
No minuto seguinte Diogo Lourenço remata cruzado e fica muito perto do golo.
Aos 69 minutos remate colocado de Leonardo que obriga Leandro a boa defesa.
Dois minutos depois canto de Leonardo, com Rafael a conseguir cabecear um pouco por cima da baliza penalvense.
Está melhor o Académico de Viseu que procura dar a volta ao marcador que teriam uma grande ocasião para marcar quando Miguel Ângelo aparece em boa posição e remata para defesa atenta de Leandro.
A reviravolta daria-se aos 80 minutos quando num canto Tiago Mendes se mostra mais lúcido que os defesas penalvenses e remata para o golo colocando pela primeira vez na frente do marcador.

Out: para lerem e meditarem um poucohttp://pankikoii.no.sapo.pt/PaiseFilhosDesporto.pdf
In: crença academista. Vendo-se nos instantes finais da primeira parte em desvantagem, os academistas conseguiram pressionar na segunda parte e alcançar uma vitória igualmente nos instantes finais da partida. Vitória essa fruto de muito querer e entrega que permitiu dar a cambalhota a um marcador adverso.

Outros resultados:
Pinguinzinhos - Mangualde 2:2
Estrelas Mondego - Viseu 2001 1:4
Lusitano Vildemoinhos - Vouzelenses 3:0
Canas Senhorim - Molelos 1:2
Mortágua - Viseu Benfica 2:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Viseu 20011191135928
Lusitano Vildemoinhos1181230625
Pinguinzinhos1173126824
Vouzelenses11605181818
Académico Viseu11362111315
Penalva Castelo11433151715
Viseu Benfica11425171914
Mangualde11344151913
Molelos11416202313
Mortágua11326172511
Estrela Mondego1122711358
Canas Senhorim1101106281

Empate juvenil que sabe a pouco

video

Académico Viseu - Oliveirense 1:1
Golo Académico Viseu: Simão (8 min)
Golo Oliveirense: Gonçalo Azevedo (51 min)
Académico Viseu: Elísio, Tiago Lopes, Pedro, Jorge, Tomé (Bernardo, 54 min) , Bié, David (João Caiado, 79 min), Gonçalo, Caramelo, Ângelo e Simão (Rafa, 75 min).
Suplentes não utilizados: Diogo Correia, Gonçalo Costa, Cláudio, Diogo Ribeiro.
Treinador: Roger.
Oliveirense: Rui Rodrigues, Diogo Matos, Rodrigo Gamelas, Gustavo Soares, José Soares, Tiago Silva (Filipe Alves, 27 min), Ricardo Lima (Tiago Rodrigues, 58 min), Gonçalo Azevedo ( Gonçalo Gomes, 68 min), Cláudio Silva, Rúben Rodrigues, Bruno Amorim.
Suplentes não utilizados: Tiago Tavares, Diogo Fontes, Leandro Godinho e Pedro Pinho.
Treinador: José Alberto.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Gonçalo Sousa (14 min), Tomé (33 min), Bié (65 min)
Oliveirense: Filipe Alves (37 min), Rúben Rodrigues (55 e 56 min), Tiago Rodrigues (70 min), Cláudio Silva (80+ 2 min)
Cartão vermelho
Oliveirense: Rúben Rodrigues (56 min, acumulação)
Árbitro: Gonçalo Nunes, Auxiliares: Mário Santos e Luis Sousa. (A.F. Coimbra)

Os juvenis academistas têm um jogo bastante importante com o Oliveirense na luta pela manutenção.
Aos 5 minutos Ângelo aparece ao primeiro poste a dar resposta a um canto mas um pouco por cima.
Melhor entrada dos academistas que têm o domínio inicial da partida e com isso viriam a conseguir colocar-se na frente do marcador.
Foi à passagem do minuto oito quando Gonçalo tem uma boa jogada individual desmarcando bem Simão que entra na área e faz o remate que resulta no inaugurar do marcador. Aos 11 minutos remate de Bié para defesa de Rui Rodrigues.
Que grande ocasião para os academistas quando Gonçalo centra para Ângelo primeiro e depois Simão não conseguem o melhor remate.

A partida é jogada a um ritmo bem mais lento e com isso o Oliveirense consegue assumir o domínio da mesma.
Aos 33 minutos grande ocasião para a Oliveirense com Ricardo Lima na marcação de um livre a ver a bola a passar muito perto da baliza academista.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos academistas fruto de uma melhor entrada na partida por parte dos academistas que viriam a conseguir o golo.

Inicio da segunda parte equilibrada com a Oliveirense a conseguir o primeiro remate sendo Gonçalo Azevedo o autor do mesmo. Na resposta livre para os academistas após boa jogada de Ângelo mas sem o perigo desejado.
Aos 51 minutos lance contestado pela equipa oliveirense num lance dividido entre Pedro Santos e Gonçalo Azevedo mas onde o árbitro manda seguir o lance.
O empate viria a acontecer num canto marcado por Rúben Rodrigues com Gonçalo Azevedo ao primeiro poste a conseguir ser mais lesto que a defensiva academista e restabelecer o empate que acaba por se ajustar.
A equipa oliveirense sofre um duro revés quando vê Rúben Rodrigues num minuto receber por duas vezes o cartão amarelo e ser expulso.
Aos 61 minutos lançamento longo de Elísio a conseguir desmarcar Caramelo que aparece a rematar mas vê Rui Rodrigues a negar-lhe o golo.
Três minutos depois nova grande defesa do guarda-redes oliveirense a responder a cabeceamento do avançado academista e na sobra a bola embate com estrondo duas vezes na trave.

Aos 69 minutos Caramelo remata colocado para boa defesa de Rui Rodrigues. Quatro minutos depois cruzamento de Caramelo para Ângelo não conseguir o melhor remate.
Aos 75 minutos Bruno Amorim de muito longe remata para defesa a punhos de Elísio.
Lance polémico na área oliveirense com um possível atraso de Gustavo Soares para Rui Rodrigues.
Aos 83 minutos Bié em boa posição remata para defesa fácil de Rui Rodrigues ter defesa fácil.
Resultado que sabe a pouco para os academistas que tiveram tudo para conseguir a vitória mas onde falharam no remate final não vencendo a oposição de Rui Rodrigues que conservou o empate final.
Arbitragem com alguns erros, onde se destacam dois lances um em cada área (lance dividido na área academista e atraso na oliveirense) onde a contestação foi muito grande mas onde a sua posição lhe pode dar o benefício de dúvida.

Out. eficácia academista.  Ficou um travo amargo com este empate que os academistas acabaram por alcançar. Num jogo equilibrado onde ambas as equipas disfrutaram de boas ocasiões para marcar as mais flagrantes couberam aos academistas mas onde a sua eficácia não chegou para vencer a oposição da defensiva oliveirense. Uma pena esta falha de eficácia e que ditou a perca de dois pontos importantes.
In: capacidade de sofrimento oliveirense. Reduzida a 10 por uma expulsão desnecessária de um seu elemento a equipa forasteira soube-se unir e com isso defender com todas as suas forças um resultado com pontos. Apesar de alguns momentos de sufoco a defensiva comandada por Rui Rodrigues consegue um empate.
Melhor em campo: Rui Rodrigues. A equipa oliveirense teve vários momentos por cima da partida mas quando teve que conservar o empate alcançado a muito deve ao seu guarda-redes que rubricou um punhado de boas defesas. Fica na retina algumas das suas defesas que negaram golos mesmo "cantados" e dai o merecido destaque.

Outros resultados:
P. Ferreira - Régua 5:1
Leixões - Feirense 1:1
Boavista - F.C.Porto 1:1
Penafiel - Padroense 0:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
F.C.Porto15123035839
Padroense15942271331
Boavista15834401727
Feirense15762271627
Leixões15726241923
Oliveirense15456252717
P. Ferreira15429162214
Académico Viseu1524992710
Régua15311194810
Penafiel15249183310

13 dezembro 2014

Chuva de golos infantis

video

Académico Viseu - Penalva Castelo 15:3
Golos Académico Viseu: Rodrigo Silva (11 min), Raul (12 min), Guilherme Melo (15, 45 min), Rafael Ferraz (32, 34, 36 e 58 min), Diogo Paiva (33 min), Kiki (47 min), Luiz (53 min), Miguel Loureiro (55min), Gonçalo Dias (56 min, autogolo), Pedro Neto (57 e 59 min)
Golos Penalva Castelo: Hélder (5, 54 min), João Pedro (39 min)
Académico Viseu: Mário, Kiki, Nuno, Guilherme Melo, Rafael, Pedro Neto, Luiz, Raul, Miguel Loureiro, Diogo Paiva, Rafael Correia e Rodrigo Silva.
Treinador: João Figueira e Zé Henrique.
Penalva Castelo: Bruno, Gonçalo Dias, João Pedro, João Tiago, João Artur, João Campos, Hélder Cabral, João Rodrigues, Marcelo e Júlio.
Treinador: Fernando Coelho.
Árbitro: Bruno Pereira.

Este era o jogo que marcava o inicio da segunda volta para os jovens infantis sub13 academistas.
Os locais começam de forma pressionante e aos 2 minutos Rafael Ferraz cabeceia ao poste da baliza penalvense.
Dois minutos depois Raul bem desmarcado faz o remate cruzado que passa muito perto da linha de golo mas sem nenhum colega conseguir o toque para o golo.
Algo contra a corrente do jogo seriam os penalvenses a inaugurar o marcador por intermédio de um livre marcado da melhor forma por Hélder.
Os academistas sentem o golo sofrido e partem para a procura do golo do empate ainda com mais forças e aos 10 minutos ficam perto do golo quando Rafael Ferraz remata um pouco ao lado da baliza penalvense.

O golo merecido do empate viria a ser concretizado aos 11 minutos quando Raul centra da melhor forma para Rodrigo Silva aparecer vindo de trás a rematar para o golo.
A cambalhota no marcador dá-se aos 12 minutos quando Nuno desmarca Raul que de ângulo apertado e quase na linha de fundo faz o remate que só para nas redes penalvenses.
Aos 15 minutos Rafael desmarca bem Melo que aparece a encostar para o terceiro golo da equipa academista que premeia a boa reação ao golo sofrido dos academistas.
Três minutos depois Pedro Neto com boa defesa obriga Bruno a uma boa defesa. Aos 23 minutos é Melo a colocar à prova o guarda-redes penalvense que com uma boa defesa nega o golo ao academista.
Dois minutos depois João Campos remata para defesa de Mário. Na resposta Pedro Neto tem bom centro mas Miguel Loureiro remata um pouco ao lado da baliza contrária.
Aos 29 minutos Pedro Neto bem desmarcado por Melo remata colocado a rasar a barra da baliza penalvense.
Vitória parcial academista fruto de uma boa reação ao golo sofrido e que conseguiram em poucos minutos dar a volta ao marcador.

Tal como na primeira parte coube aos academistas a primeira ocasião de golo mas que desta vez teve melhor sequência pois Rafael Ferraz recebe da melhor forma e à entrada da área faz o remate para o quarto golo academista.
No minuto seguinte novo golo viria mesmo a surgir quando após uma boa jogada de Diogo Paiva este remata cruzado e colocado ampliando a vantagem da equipa academista.
A pressão academista era bastante e aos 34 minutos Nuno remata ao poste da baliza penalvense mas na sobra Rafael Ferraz antecipa-se à defensiva contrária e faz novo golo.
Dois minutos depois Diogo Paiva obriga Bruno a defesa incompleta e Rafael Ferraz aparece a encostar para o sétimo golo da equipa academista.
Aos 38 minutos Melo obriga Bruno a boa defesa que sobre a linha de golo evita à segunda novo golo academista.

Esse golo viria mesmo a surgir mas para o Penalva Castelo com Hélder a desmarcar João Pedro que aparece isolado a fazer o segundo golo da equipa forasteira.
No minuto seguinte Rafael Ferraz remata colocado mas vê Bruno a voar evitando assim o golo ao avançado local.
Aos 41 minutos Nuno de muito longe remata colocado mas vê o mesmo ser devolvido caprichosamente pelo poste da baliza contrária. Aos 45 minutos Rodrigo Silva desmarca Melo que com um remate colocado bisa na partida.
Dois minutos depois é Kiki a subir bem no terreno e a rematar forte batendo Bruno fazendo o nono golo da sua equipa.

Aos 53 minutos Miguel Loureiro desmarca bem Luiz que se liberta do defesa contrário e perante Bruno faz o remate que amplia a vantagem academista.
Na resposta Hélder com muitas liberdades dadas pelos academistas consegue aparecer isolado perante Rafael Correia e bate o guarda-redes academista.
No minuto seguinte novamente Hélder a levar a melhor à defensiva academista mas desta vez Rafael Correia consegue ser mais forte e fazer a defesa.
Aos 55 minutos Miguel Loureiro no eixo da área penalvense remata colocado e também ele coloca o seu nome nos marcadores da partida.
No minuto seguinte Pedro Neto tem um cruzamento tenso que vê Gonçalo Dias a ser infeliz e no desarme leva a bola a anichar-se nas suas redes.

Os academistas estavam ainda mais pressionantes sem deixaram a equipa forasteira tocar na bola e aos 57 minutos Raul desmarca bem Pedro Neto que recebe bem e remata colocado para novo golo da sua equipa.
No minuto seguinte Rafael Ferraz aproveita as muitas liberdades dadas conseguindo ultrapassar Bruno e fazer o quarto golo da sua conta pessoal.
O resultado final viria a ser materializado aos 59 minutos quando Pedro Neto à segunda conseguir levar a bola a anichar-se mais uma vez nas redes penalvenses.
Vitória justa dos academistas que sobretudo na segunda parte mostraram o seu bom futebol e conseguiram criar bastantes ocasiões de marcar e construir nova goleada.

Out: dificuldades penalvenses. A equipa penalvense após uma primeira parte onde conseguiu equilibrar a partida, sentiu muitas dificuldades para travar a avalanche ofensiva academista nos derradeiros 30 minutos.
In: segunda parte academista. Com algumas mexidas no sistema táctico os academistas partiram na segunda parte para uma exibição de bom nível, construindo um enorme caudal ofensivo. Com isso conseguiram marcar por 12 ocasiões que resultou numa goleada que confirma o momento goleador da equipa.

Outros resultados:
Vouzelenses - Lusitano Vildemoinhos 0:3
Quintela Orgens - Santo André :
Viseu 2001 - Viseu Benfica 4:0
Dínamo Estação - Repesenses 3:2
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses1090196727
Académico Viseu10901931527
Dínamo Estação10802421624
Lusitano Vildemoinhos10703432421
Viseu 200110505292515
Penalva Castelo1030717649
Vouzelenses1022614458
Viseu Benfica1021716467
Quintela Orgens921614437
Santo André90094830

08 dezembro 2014

Erros ditam derrota academista

Académico Viseu - Gondomar 0:3

Académico Viseu: Tomé, Luis Vouzela, Marco, Filipe, Lourenço, Nené, Diogo, Diogo Matos, Salgado, Rúben e João.
Treinador: Carlos Santos.

Os iniciados academistas procuravam neste jogo a sua primeira vitória na prova.
A primeira parte foi equilibrada com ambas as equipas acima de tudo a procurarem não cometer erros que dessem ao seu oponente hipóteses de marcar.
Num dos poucos erros cometidos pelos academistas a equipa do Gondomar viria a conseguir o golo com que se chegaria ao intervalo.
A segunda parte fica marcada pela expulsão de Filipe numa jogada de contra-ataque gondomarense no qual o defesa academista comete falta e é expulso.
Descompensados os academistas viriam a sofrer dois golos e assim sofrer uma derrota ingrata.
NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!



Outros resultados:
Repesenses - Fiães 0:1
Avanca - Sanjoanense 1:1
Beira Mar - Feirense 0:6
Oliveirense -  Gafanha 2:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Feirense15103232933
Sanjoanense15942231031
Oliveirense15834211027
Fiães15762181127
Gafanha15744181825
Gondomar15465131518
Avanca15357182914
Repesenses15348152213
Beira Mar15231015339
Académico Viseu1506911276

Derrota juvenil dita queda para lanterna vermelha

Régua - Académico Viseu 1:0
NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Feirense - Penafiel 2:1
Padroense - P. Ferreira 2:1
Oliveirense - Boavista 2:3
F.C.Porto - Leixões 2:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
F.C.Porto14122034738
Padroense14842241328
Boavista14824391626
Feirense14752261526
Leixões14716231822
Oliveirense14446242616
P. Ferreira14329112111
Régua14311084310
Penafiel14248183010
Académico Viseu142398269

07 dezembro 2014

Benjamins sub10 A academistas letais na arte do golo

video

Académico Viseu  - Oliveira Frades 9:0
Golos Académico Viseu: Bernardo Sequeira (11 min), Gui Neves (13 e 25+2 min), Tiago (38 min), Miguel Cardoso (42 , 44 e 45 min), João Miguel (48 min) e David Carriço (50 min)
Académico Viseu: Bernardo, Daniel Antunes, Miguel Cardoso, Bernardo Sequeira, Tiago Santos, Tomás, António Cunha, João Alexandre, Guilherme Neves, David Carriço e Diogo Matos.
Treinador: Coelho.
Oliveira Frades: Simão, Guilherme. João Pedro, Rodrigo, José Gabriel, Dinis Vicente, Emanuel Soares, Gustavo Mamede, José Barros e Rafael Rocha.
Treinador: João Rodrigues.
Árbitro: Rosa Almeida.

Os benjamins sub10 A academistas defrontavam a equipa do Oliveira Frades, jogo que marcava o encerramento da primeira volta desta série.
Começaram melhor os forasteiros que no primeiro minuto tiveram muito perto de marcar com Emanuel Soares bem desmarcado por José Barros a rematar para boa defesa do guarda-redes academista. Na resposta Miguel Cardoso aproveitando o adiantamento da equipa oliveirense aparece isolado para perante Simão não consegue o melhor remate.
Aos 5 minutos nova boa ocasião para os forasteiros com Rafael Rocha em duas situações flagrantes não conseguir levar de vencida Bernardo que com duas boas defesa nega o abrir do marcador.
Dois minutos depois o mesmo jogador oliveirense remata muito perto da baliza academista.
Um pouco contra a corrente do jogo o marcador viria a funcionar aos 11 minutos para os academistas quando Bernardo Sequeira se mostra superior à defensiva contrária antecipando-se a esta e faz o remate para o golo inaugural.
O golo parece ter despertado os academistas que dois minutos depois viriam a conseguir festejar novamente sendo Guilherme Neves o autor do remate que ampliava a vantagem academista.
Aos 19 minutos Tiago Santos desmarca bem Guilherme Neves que fica perto do golo. Dois minutos depois João Alexandre remata forte obrigando Simão a boa defesa e na sobre Guilherme Neves bem colocado não consegue o terceiro golo academista.
Contudo no segundo minuto de descontos esse golo viria a surgir mesmo para os academista quando Guilherme Neves remata forte e colocado vencendo a oposição de Simão.

Vitória parcial academista que premiava a eficácia academista, sendo um castigo demasiadamente pesado para a boa atitude oliveirense que até teve boas oportunidades para marcar mas que não as conseguiu aproveitar.
A segunda parte começou sendo uma cópia fiel dos primeiros 25 minutos com a equipa do Oliveira de Frades a ter as primeiras ocasiões de golo e logo no minuto 26 Rafael Rocha desfere um bom remate ao qual Bernardo responde com boa defesa.
Aos 30 minutos primeiro José Barros e depois novamente Rafael Rocha não conseguem o que parecia o mais fácil: o remate para o golo.
Na resposta David Carriço e depois Tiago Santos têm bons remates mas sem conseguirem o golo.
Aos 35 minutos remate de Dinis Vicente para uma boa defesa de Bernardo e na sobra João Pedro vê o seu remate ser devolvido pelo poste da baliza academista,
Dois minutos depois boa jogada individual de José Barros que vê o seu remate passar muito perto da linha de golo sem nenhum dos seus colegas conseguir encostar para o golo.
Quem não marca sofre e isso viria a acontecer aos 38 minutos com Tiago Santos de muito longe a rematar colocado fazendo um golo de belo efeito.

Este golo fez-se sentir no aspecto anímico da equipa forasteira e aos 42 minutos viriam a consentir novo golo quando Daniel faz o centro e Miguel Cardoso aparece a fazer o golo.
Dois minutos depois grande momento de inspiração de Miguel Cardoso que recebe de primeira e faz a bola sobrevoar Simão e anichar-se nas redes da baliza forasteira. Que grande golo este!
O mesmo jogador viria a mostrar-se novamente letal aos 45 minutos quando se antecipa a toda a defensiva contrária e responde da melhor forma a uma desmarcação de David Carriço.
O marcador viria novamente a ser alterado quando João Miguel no eixo central do campo consegue o remate que bate Simão fazendo desta forma o oitavo golo da equipa academista.
Os academistas viriam a conseguir novo golo já perto do apito final da partida com Guilherme Neves a desmarcar da melhor forma David Carriço que faz o remate colocado e assim colocar um ponto final nas mexidas do marcador.
Arbitragem sem reparos.
Vitória que se acaba por ajustar muito fruto de um melhor aproveitando das ocasiões criadas dos academistas que se mostraram letais, num resultado penalizador para a equipa forasteiras.

Out: eficácia forasteira. O Oliveira de Frades consegui ter flagrantes oportunidades para marcar e sai do jogo vergado a uma ingrata goleada, muito fruto da sua eficácia que não conseguiu vencer a oposição da defensiva academista sobretudo do seu guarda-redes Bernardo que mais uma vez se mostrou um obstáculo quase que inultrapassável.
In: eficácia academista. Se do lado oliveirense a eficácia foi nula do mesmo não se podem queixar os academistas que de uma forma letal e pragmática conseguiram quase sempre marcar nas situações que criou e isso dá-lhe uma importante vitória final.

Outros resultados:
Repesenses - Dínamo Estação 2:1
Viseu Benfica - Vouzelenses 9:3
Viseu 2001 - Lusitano Vildemoinhos 7:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses770046521
Académico Viseu760132618
Viseu Benfica7502291315
Dínamo Estação7313141210
Oliveira Frades730420399
Viseu 2001611412214
Vouzelenses610520493
Lusitano Vildemoinhos700711380

01 dezembro 2014

Benjamins B academistas perdem

Académico Viseu - Vila Nova Paiva 2:5
Académico Viseu: Francisco, Duarte,João Pedro,Rodrigo,Marco,Guilherme,Tiago,Luis, Tomás, Gustavo e Diogo.
Treinador: Cristiana.

Os benjamins sub10 B defrontravam a equipa do Vila Nova Paiva.
Os academistas conseguiram trocar bem a bola, mas numa perca de bola onde não conseguiram recuperar da melhor forma e assim viriam a sofrer um golo, um pouco contra a corrente do jogo.
O empate viria logo a acontecer de seguida quando após bola ao centro, os academistas conseguem sair bem e Marco aparece a fazer o golo do empate.
Os academistas trocavam melhor a bola e a equipa forasteira procurava rematar de bastante longe.
Contudo existem dois momentos em que um dos defesas academistas sobe com bola sem sucesso e o outro não veio compensar e  desta forma a equipa academista viria a sofrer dos golos.
Os academistas apesar de controlar o jogo, com algumas jogadas de perigo, mas sempre a falhar no ultimo passe,
Contudo os academistas viriam a conseguir reduzir a sua desvantagem mas já perto do apito para o intervalo viria a sofrer novo golo que complicava a sua missão.
A segunda parte, os academistas entraram bastante desorganizados e a equipa do Vila Nova Paiva assumiu a partida e viriam a ter dois 2 remates ao poste e outras que deram em grandes defesas do Dénis, onde se destaca a defesa de uma grande penalidade.
Após este lance os academistas conseguem trocar melhor a bola chegando mais perto da baliza adversária pelo menos umas 4 vezes mas sem sucesso e viria a sofrer novo golo através de um remate de fora da àrea,.

30 novembro 2014

Jogo de um só sentido resulta em goleada


Académico Viseu- Santo André 26:0
Golo Académico Viseu: Miguel Loureiro (6, 10, 31, 44 min), Diogo Paiva (7, 45 min), Gonçalo (16,17, 23, 48, 52, 54, 55 min), Raul (18, 34 min), Melo (20, 40 e 41 min), Rodrigo Silva (21, 25, 26, 46 min), João Nunes (28 min), Raul (33 min), Luiz (58 min), Nuno (59 min)
Académico Viseu: Pedro Farias, Kiki, Nuno, Guilherme Melo, Gonçalo, Luiz, Raul, João Nunes, Miguel Loureiro, Diogo Paiva, Rodrigo Silva e Mário.
Treinador: João Figueira.
Santo André: Tito, Dani, Martim, Marcelo, Pedro, Rodrigo, Nuno, Leandro, Rodri, Alexandre, Fred.
Treinador: António Silva.
Árbitro: André Amaral.

Este é o jogo que marca o encerramento da primeira volta e onde os academistas procuram regressar às vitória.
Inicio de partida com os academistas a terem mais posse de bola procurando desde cedo o golo inaugural. Primeiro Gonçalo bem desmarcado por Melo obriga Tito a boa defesa. Na sobra é Nuno a rematar forte mas um pouco por alto.
Aos 5 minutos remate forte de Nuno a passar perto. O marcador viria a ser inaugurado quando Miguel Loureiro vence a oposição dos defesas contrários e faz o remate que resulta no primeiro golo da equipa.
Aos 7 minutos Diogo Paiva tem um remate forte e colocado que amplia a vantagem academista. Jogo de um só sentido e aos 9 minutos Kiki remata de muito longe vendo o seu remate passar perto da baliza contrária.
No minuto seguinte Miguel Loureiro bem desmarcado Melo faz o remate que só para nas redes forasteiras.
Aos 13 minutos é Melo a colocar à prova Tito que responde com boa defesa. Dois minutos depois Gonçalo desmarca Melo para Tito responder com boa defesa.

O marcador viria a ser alterado à passagem do minuto 16 com Gonçalo a ser o autor do remate que resulta no quarto golo academista. No minuto seguinte o mesmo jogador viria a bisar na partida.
Aos 18 minutos Raul bem desmarcado aparece isolado perante Tito e faz o sexto golo da sua equipa.
Dois minutos depois canto de Raul para Melo isolado cabecear e fazer o golo.
No minuto seguinte é a vez de Rodrigo com um remate colocado a vencer a oposição de Tito fazendo o sétimo golo da partida.
Aos 22 minutos Gonçalo em duas ocasiões fica perto do golo que o consegue aos 23 minutos quando numa boa jogada colectiva com Melo a solicitar Gonçalo que isolado e sem oposição faz o golo de forma simples.
No minuto seguinte Raul tem um bom centro para Rodrigo Silva ao segundo poste ampliar novamente a vantagem da equipa academista.
Aos 25 minutos João Nunes leva o seu remate a embater na base do poste  e Rodrigo Silva encosta para o décimo golo academista. No minuto seguinte Raul desmarca novamente Rodrigo Silva que vindo de trás faz o golo.
Aos 28 minutos é a vez de João Nunes também ele colocar o seu nome nos marcadores com um bom remate que resulta.
Sobre o apito para o intervalo Pedro tem o primeiro remate para defesa de Mário.

No primeiro minuto da segunda parte Melo desmarca bem Miguel Loureiro que aparece a encostar para novo golo da equipa academista.
Aos 33 minutos Melo bem solicitado por Raul fica perto do golo para a sua equipa. No minuto seguinte Luiz desmarca Raul que se antecipa a Tito fazendo o golo.
Aos 38 minutos Melo desmarca bem Miguel Loureiro que com um bom remate vê Pedro sobre a linha a evitar o golo da equipa academista.
No minuto seguinte boa jogada de Melo que resulta em novo golo para a sua equipa. Aos 41 minutos Melo ganha a bola em zona avançada e perante Tito faz o golo de forma simples.
Dois minutos depois Miguel Loureiro no interior da área forasteira é mais lesto que os jogadores contrários fazendo o remate que amplia a vantagem da equipa local.
Aos 45 minutos Diogo Paiva tem um bom remate que vence a defensiva forasteira e resulta em novo golo para os academistas .
No minuto seguinte, Diogo Paiva tem bom centro para Rodrigo Silva aparecer a encostar para novo golo.
Aos 48 minutos Gonçalo em zona frontal tem um bom remate que só para nas redes contrárias. O vigésimo golo da sua equipa viria a ser conseguido no minuto seguinte com Gonçalo a rematar vencendo a oposição de Tito.
Aos 54 minutos Gonçalo é mais lesto que a defesa contrária fazendo novo golo para a equipa academista.
No minuto seguinte Rodrigo Silva desmarca bem Gonçalo que faz novo golo.
Aos 58 minutos Kiki aparece isolado mas Tito responde com boa defesa. No mesmo minuto canto de Melo para Luiz aparecer a encostar para novo golo da equipa academista.
No minuto seguinte Nuno com um remate colocado faz o golo que imprime o resultado final.

Out: fragilidades forasteiras. Sempre que pressionados os jogadores forasteiros sentiram muitas dificuldades e com isso foram sofrendo golos que atingiram um número exagerado numa competição. Uma palavra de ânimo para estes campeões que apesar da goleada lutam com brio por praticarem aquilo que mais gostam. Força campeões.
In: atitude academista. Desde cedo os academistas sentiram que pressionando os forasteiros conseguiriam criar perigo e com isso golos e isso não fez refrear a atitude dos locais em procurar sempre mais. Uma atitude "profissional" procurando sempre mais e que trouxe frutos com o avolumar do resultado até obter uma das maiores goleadas dos academistas.

Outros resultados:
Dínamo Estação - Viseu Benfica 6:2
Viseu 2001 - Lusitano Vildemoinhos 0:2
Vouzelenses - Quintela Orgens 3:3
Penalva Castelo - Repesenses 0:14
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses990094427
Académico Viseu9801781224
Dínamo Estação9702391421
Lusitano Vildemoinhos9603402418
Viseu 20019405252512
Penalva Castelo930614499
Vouzelenses922514428
Viseu Benfica921616427
Quintela Orgens921614437
Santo André90094830

Iniciados com derrota complicam as suas contas


Fiães - Académico Viseu 2:0

NOTA: Gostaria de pedir a quem assistiu a esta partida e me possa enviar informações sobre o mesmo que o faça para jorge.miguel.sa@gmail.com. O meu OBRIGADO!

Outros resultados:
Gondomar - Avanca 2:0
Sanjoanense - Beira Mar 3:2
Gafanha - Repesenses 2:1
Feirense - Oliveirense 1:0
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Sanjoanense1493222930
Feirense1493226930
Gafanha14743171625
Oliveirense1473419924
Fiães14662171124
Gondomar14365101515
Avanca14347172813
Repesenses14347152113
Beira Mar1423915279
Académico Viseu1406811246