09 abril 2016

Erros próprios pioram sonho juvenil academista

video

Académico Viseu - Cinfães 2:3
Golo Académico Viseu: Gustavo (3 min), Ângelo (60 min)
Golo Cinfães: João Fraga (19 min), Nuno Lento (41 min), João Teixeira (79 min)
Académico Viseu: Palhares, Filipe, Costa, Nuno, Rodrigo, Nené, Miguel, Totti, Ângelo, Tiago (Guga, 72 min) e Gustavo (Rúben, 76 min)
Suplentes não utilizados: Tomé, Patrick, Vitória, Guga, Diogo Matos, Monteiro.
Treinador: Roger e Pedro Almeida.
Cinfães: Leonardo Fraga, Joel Cardoso (Paulo Teixeira, 80 min), Nuno Correia (Alexandre, intervalo), João Cardoso, Daniel Resende, Duarte Castela, João Teixeira (Paulo Carvalho, 80 min), João Fraga, Diogo Pereira, Nuno Lento e Gonçalo Silveira (Francisco Barbosa, 68 min).
Suplentes não utilizados: Hugo Cardoso, Gonçalo Moreira, João Resende.
Treinador: Joel Oliveira.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Nuno (20 min)
Cinfães: Joel Cardoso (63 min), Diogo Pereira (65 min)
Àrbitro: João Casegas Almeida. Auxiliares: Ângelo Santos, Cristiana Rei.

Os juvenis academistas nesta segunda jornada da fase final do seu Campeonato defrontam a equipa do Cinfães necessitando de uma vitória para continuar na luta pelo título.
Uma boa entrada dos academistas que resulta no primeiro golo logo aos 3 minutos quando Tiago centra bem para Gustavo receber bem a bola e conseguir o remate que resulta no golo.
O Cinfães procura agora reagir ao golo sofrido muito prematuramente. Apesar de mais posse de bola os academistas estão a conseguir controlar a partida.
Contudo aos 19 minutos fruto deste maior ascendente na partida o Cinfães acaba por restabelecer o empate quando João Fraga aparece solto de marcação e perante Palhares faz o chapéu que leva a bola a anichar-se nas redes academistas.
Aos 26 minutos boa jogada de Tiago a desmarar da melhor forma Ângelo que centra da melhor forma mas Gustavo não consegue dar o melhor seguimento ao mesmo.
Que grande ocasião esta para os academistas aos 30 minutos quando numa jogada de contra-ataque conduzida por Gustavo a bola acaba por chegar a Ângelo que remata para a baliza mas Duarte Castela tem um corte providencial evitando o golo academista.
Aos 36 minutos canto de Nené para Gustavo aparecer ao primeiro poste a rematar muito por alto. Três minutos depois centro de Gustavo para Filipe aparecer ao segundo poste a solicitar Tiago que não consegue levar a oposição do guarda-redes cinfanense. Mais uma boa ocasião.

Chega-se ao intervalo com um empate na partida que castiga mais os academistas que apesar de terem mais oportunidades de golo na altura do remate final não foram tão eficazes.

Que inicio infeliz dos academistas que numa falha quase que infantil a bola chega a Nuno Lento que perante Palhares faz o golo que permite à equipa forasteira a cambalhota no marcador. Que grande infelicidade esta.
A equipa academista intranquiliza-se com este golo sofrido. Apesar disso os academistas estão a comseguir reagir e aos 47 minutos centro de Tiago para Ângelo cabecear um pouco por alto. Cinco minutos depois Tiago centra da melhor forma para Gustavo vindo de trás não conseguir o melhor remate.
Os academistas empurram a equipa do Cinfães para terrenos mais atrasados.
Aos 57 minutos grande ocasião de golo para a equipa do Cinfães com Nuno Lento a aparecer a rematar bem e Rodrigo sobre a linha de golo evita o golo.
Os academistas acabam por conseguir o merecido golo do empate aos 60 minutos através de um lance de bola parada. Num livre a castigar falta sobre Gustavo, chamado a marcar Ângelo consegue o melhor remate e restabelecer o empate.
Muito coração dos academistas a procurarem o golo mas sem a melhor cabeça e em nova falha defensiva João Teixeira consegue aproveitar a má saida de Palhares e com a baliza à sua mercê faz o golo.
Até ao fim os cinfanenses conseguiram segurar as investidas academistas e saiem de Viseu com uma vitória importante deixando o Académico em maus lençois na luta pelo título.
Arbitragem algo nervosa com alguns erros mas sem influencia no resultado final.

Out: nervosismo academista.  Os academistas apesar do golo obtido de forma muito madrugadora, foram-se mostrando algo nervosos e cometendo alguns erros que possibilitaram aos forasteiros oportunidades de golo. Para além disso na altura do remate para o golo não mostraram a frieza e calma suficiente e com isso saiem com uma derrota que compromete o seu sonho.
In: pragmatismo cinfanense. Ao contrário dos locais a equipa forasteira mostrou-se sempre muita calma ao longo da partida e mesmo vendo-se em posição de desvantagem conseguiu reagir e com enorme pragmatismo ser letal no concretizar das ocasiões criadas.Quem marca ganha e foi mesmo esse o filme deste jogo!

Outros resultados:
Cracks Lamego - Lusitano Vildemoinhos :
Mortágua - Crasto :
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Cinfães2200536
Lusitano Vildemoinhos1100203
Cracks Lamego1100213
Mortágua1001120
Crasto1001120
Académico Viseu2002250

Sem comentários: