14 dezembro 2014

Empate juvenil que sabe a pouco

video

Académico Viseu - Oliveirense 1:1
Golo Académico Viseu: Simão (8 min)
Golo Oliveirense: Gonçalo Azevedo (51 min)
Académico Viseu: Elísio, Tiago Lopes, Pedro, Jorge, Tomé (Bernardo, 54 min) , Bié, David (João Caiado, 79 min), Gonçalo, Caramelo, Ângelo e Simão (Rafa, 75 min).
Suplentes não utilizados: Diogo Correia, Gonçalo Costa, Cláudio, Diogo Ribeiro.
Treinador: Roger.
Oliveirense: Rui Rodrigues, Diogo Matos, Rodrigo Gamelas, Gustavo Soares, José Soares, Tiago Silva (Filipe Alves, 27 min), Ricardo Lima (Tiago Rodrigues, 58 min), Gonçalo Azevedo ( Gonçalo Gomes, 68 min), Cláudio Silva, Rúben Rodrigues, Bruno Amorim.
Suplentes não utilizados: Tiago Tavares, Diogo Fontes, Leandro Godinho e Pedro Pinho.
Treinador: José Alberto.
Cartão amarelo:
Académico Viseu: Gonçalo Sousa (14 min), Tomé (33 min), Bié (65 min)
Oliveirense: Filipe Alves (37 min), Rúben Rodrigues (55 e 56 min), Tiago Rodrigues (70 min), Cláudio Silva (80+ 2 min)
Cartão vermelho
Oliveirense: Rúben Rodrigues (56 min, acumulação)
Árbitro: Gonçalo Nunes, Auxiliares: Mário Santos e Luis Sousa. (A.F. Coimbra)

Os juvenis academistas têm um jogo bastante importante com o Oliveirense na luta pela manutenção.
Aos 5 minutos Ângelo aparece ao primeiro poste a dar resposta a um canto mas um pouco por cima.
Melhor entrada dos academistas que têm o domínio inicial da partida e com isso viriam a conseguir colocar-se na frente do marcador.
Foi à passagem do minuto oito quando Gonçalo tem uma boa jogada individual desmarcando bem Simão que entra na área e faz o remate que resulta no inaugurar do marcador. Aos 11 minutos remate de Bié para defesa de Rui Rodrigues.
Que grande ocasião para os academistas quando Gonçalo centra para Ângelo primeiro e depois Simão não conseguem o melhor remate.

A partida é jogada a um ritmo bem mais lento e com isso o Oliveirense consegue assumir o domínio da mesma.
Aos 33 minutos grande ocasião para a Oliveirense com Ricardo Lima na marcação de um livre a ver a bola a passar muito perto da baliza academista.
Chega-se ao intervalo com uma vitória parcial dos academistas fruto de uma melhor entrada na partida por parte dos academistas que viriam a conseguir o golo.

Inicio da segunda parte equilibrada com a Oliveirense a conseguir o primeiro remate sendo Gonçalo Azevedo o autor do mesmo. Na resposta livre para os academistas após boa jogada de Ângelo mas sem o perigo desejado.
Aos 51 minutos lance contestado pela equipa oliveirense num lance dividido entre Pedro Santos e Gonçalo Azevedo mas onde o árbitro manda seguir o lance.
O empate viria a acontecer num canto marcado por Rúben Rodrigues com Gonçalo Azevedo ao primeiro poste a conseguir ser mais lesto que a defensiva academista e restabelecer o empate que acaba por se ajustar.
A equipa oliveirense sofre um duro revés quando vê Rúben Rodrigues num minuto receber por duas vezes o cartão amarelo e ser expulso.
Aos 61 minutos lançamento longo de Elísio a conseguir desmarcar Caramelo que aparece a rematar mas vê Rui Rodrigues a negar-lhe o golo.
Três minutos depois nova grande defesa do guarda-redes oliveirense a responder a cabeceamento do avançado academista e na sobra a bola embate com estrondo duas vezes na trave.

Aos 69 minutos Caramelo remata colocado para boa defesa de Rui Rodrigues. Quatro minutos depois cruzamento de Caramelo para Ângelo não conseguir o melhor remate.
Aos 75 minutos Bruno Amorim de muito longe remata para defesa a punhos de Elísio.
Lance polémico na área oliveirense com um possível atraso de Gustavo Soares para Rui Rodrigues.
Aos 83 minutos Bié em boa posição remata para defesa fácil de Rui Rodrigues ter defesa fácil.
Resultado que sabe a pouco para os academistas que tiveram tudo para conseguir a vitória mas onde falharam no remate final não vencendo a oposição de Rui Rodrigues que conservou o empate final.
Arbitragem com alguns erros, onde se destacam dois lances um em cada área (lance dividido na área academista e atraso na oliveirense) onde a contestação foi muito grande mas onde a sua posição lhe pode dar o benefício de dúvida.

Out. eficácia academista.  Ficou um travo amargo com este empate que os academistas acabaram por alcançar. Num jogo equilibrado onde ambas as equipas disfrutaram de boas ocasiões para marcar as mais flagrantes couberam aos academistas mas onde a sua eficácia não chegou para vencer a oposição da defensiva oliveirense. Uma pena esta falha de eficácia e que ditou a perca de dois pontos importantes.
In: capacidade de sofrimento oliveirense. Reduzida a 10 por uma expulsão desnecessária de um seu elemento a equipa forasteira soube-se unir e com isso defender com todas as suas forças um resultado com pontos. Apesar de alguns momentos de sufoco a defensiva comandada por Rui Rodrigues consegue um empate.
Melhor em campo: Rui Rodrigues. A equipa oliveirense teve vários momentos por cima da partida mas quando teve que conservar o empate alcançado a muito deve ao seu guarda-redes que rubricou um punhado de boas defesas. Fica na retina algumas das suas defesas que negaram golos mesmo "cantados" e dai o merecido destaque.

Outros resultados:
P. Ferreira - Régua 5:1
Leixões - Feirense 1:1
Boavista - F.C.Porto 1:1
Penafiel - Padroense 0:3
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
F.C.Porto15123035839
Padroense15942271331
Boavista15834401727
Feirense15762271627
Leixões15726241923
Oliveirense15456252717
P. Ferreira15429162214
Académico Viseu1524992710
Régua15311194810
Penafiel15249183310