11 janeiro 2015

Raça e muito querer em vitória infantil

video

Dínamo Estação - Académico Viseu 1:6
Golo Dínamo Estação: Duarte (22 min)
Golos Académico Viseu: Diogo Gouveia (8, 25, 55, 56 min), Rodrigo Silva (20 min), Rafael Ferraz (24 min)
Dínamo Estação: João Cardoso, Guilherme, Samuel Figueira, Hugo Costa, Santiago, Marco Almeida, Bruno Carvalho, Rafael Almeida, Adriana, Fernando Dinis, André e Duarte.
Treinador: Lage e Nuno Fonseca.
Académico Viseu: Pedro Farias, Kiki, Nuno, Guilherme Melo, Rafael Ferraz, Gonçalo, Diogo Gouveia, Vasco, Raul Rodrigues, Miguel Loureiro, Rodrigo Silva e Mário.
Treinador: João Figueira e Zé Henrique.
Cartão vermelho:
Académico Viseu: Gonçalo (28 min)
Árbitros: Fábio Albuquerque e Emanuel Nogueira.

Neste domingo realiza-se mais um derby onde as emoções serão fortes, pois frente a frente encontram-se dois fortes candidatos à presença na fase final da prova. O Dínamo da Estação recebia o Académico de Viseu e uma vitória poderia contribuir da melhor forma para a concretização desse objectivo.
Começou com mais posse de bola o Académico de Viseu mas onde o primeiro remate com algum perigo coube a Bruno mas fraco e para defesa fácil de Pedro Farias.
Materializando esse maior ascendente os academistas conseguiriam o golo quando Diogo Gouveia no eixo central do campo remata colocado levando a bola a anichar-se nas redes dinamistas.
Aos 12 minutos é Nuno Pereira a subir no terreno rematando forte perto da baliza local.
No minuto seguinte é Duarte a ter um corte providencial para canto quando Diogo Gouveia se preparava para o golo.
Aos 18 minutos André aparece com alguma liberdade no interior da área academista mas sem conseguir o melhor remate.
Dois minutos depois novo golo viria a surgir quando no seguimento de um canto a bola chega a Rodrigo Silva que desfere um remate colocado fazendo um golo de belo efeito e com isso ampliando a vantagem da sua equipa.
O Dínamo da Estação reage e aos 21 minutos surge um dos casos do jogo quando Diogo Gouveia parece tocar o avançado dinamista dentro da área mas a dupla de arbitragem assinala a mesma fora. Contudo novo erro viria a surgir no minuto seguinte quando numa disputa de bola a dupla de arbitragem assinala grande penalidade parecendo ter sido influenciada pela decisão errada anterior.
Chamado a marcar Duarte remata colocado de nada valendo o voo de Pedro Farias que ainda adivinha o lado do remate.
video

Contudo a reacção academista foi pronta e aos 24 minutos Melo desmarca bem Rafael Ferraz que aparece a antecipar-se à defensiva contrária fazendo o terceiro golo da sua equipa.
No minuto seguinte nova desmarcação perfeita de Melo a libertar Diogo Gouveia que aparece a rematar para o golo dando uma maior segurança aos academistas.
Aos 28 minutos Bruno aparece isolado rumo à baliza contrária mas vê a sua marcha negada por Gonçalo que acaba por receber ordem de expulsão. No seguinte do livre Duarte não consegue o melhor remate.
Chega-se ao intervalo com uma vitória que se ajusta face à melhor exibição academista.

A segunda parte começou com o Dínamo da Estação a ter mais posse de bola fruto da vantagem numérica mas sem o melhor discernimento nos passes para descobrir os melhor colegas e seriam os academistas a disfrutarem de uma ocasião para marcar quando aos 34 minutos Pedro Farias lança Rafael Ferraz que quase se antecipa a João Cardoso para o golo.
Dois minutos depois Rafael Ferraz desmarca bem Vasquinho que remata um pouco ao lado da baliza dinamista.
Aos 40 minutos André aparece a rematar fraco numa das poucas liberdades dadas pelo bloco defensivo academista.
Apesar de estar com menos um o domínio da partida cabia aos academistas e aos 51 minutos Melo desmarca Diogo Gouveia que aparece a rematar para defesa atenta de João Cardoso. No minuto seguinte má reposição de bola por parte da equipa dinamista que vê a mesma chegar a Diogo Gouveia que fica perto do golo.
Aos 54 minutos boa jogada individual de Guilherme Melo que entra bem na área contrária e remata para defesa atenta do guarda-redes contrário.
No minuto seguinte Guilherme Melo desmarca da melhor forma Diogo Gouveia que remata da melhor forma fazendo o quinto golo da equipa academista.
O marcador final viria a ser materializado à passagem do minuto 56 quando os mesmos dois jogadores anteriores têm o melhor entendimento com Diogo Gouveia a conseguir o quarto golo da sua conta pessoal.
Aos 58 minutos Rafael Ferraz remata colocado para defesa atenta de João Cardoso.
Vitória inequívoca dos academistas que foram sempre os melhores na partida e onde mesmo com menos um elemento ao longo de 32 minutos conseguiram o domínio da partida e as melhor oportunidades para os golos.
Arbitragem com alguns erros onde a decisão da expulsão de Gonçalo embora cumpra as leis do futebol nos parece algo exagerada face ao enquadramento desta partida que é o da formação.


Outros resultados:
Santo André - Viseu Benfica 2:4
Quintela Orgens - Lusitano Vildemoinhos 0:0
Vouzelenses - Repesenses 0:16
Viseu 2001 - Penalva Castelo 8:1
Clube
J
V
E
D
GM
GS
Pontos
Repesenses121101123733
Académico Viseu1211011071833
Dínamo Estação12903462427
Lusitano Vildemoinhos12813502425
Viseu 200112606373718
Viseu Benfica12327225011
Quintela Orgens12327185211
Penalva Castelo1230920759
Vouzelenses1223716639
Santo André1200127960